sexta-feira, 23 de setembro de 2011

TESTEMUNHO PARA A GLÓRIA DE DEUS!: Cláudia Terezinha Lameira

TESTEMUNHO PARA A GLÓRIA DE DEUS!:
Cláudia Terezinha Lameira
Testemunho de fé.

Amado Senhor e Nosso Salvador Jesus Cristo, amados pastores e amados irmãos eleitos para reinar em vida através de Jesus Cristo;

Quando nos foi solicitado o testemunho para o culto específico, fiquei em primeiro lugar a imaginar “qual deles?”.
Pois sei que, o fato de eu não dar os meus testemunhos é certamente não a falta deles, mas perdoem-me pela sinceridade, o meu próprio egoísmo; pois somos afrontados, desafiados e desacreditados todos os dias..., porém diariamente vencemos nossas batalhas, pois somos sim, chamados a sermos mais que vencedores!

E também às vezes sou megalomaníaca, e quero dar apenas o testemunho que de certa forma impacte nosso irmão e redunde muitas Glórias a Deus.
Eu mesma já havia criado em meu coração o desejo de fazer um diário de bênçãos, pois, tendemos a esquecermos das pequenas grandes coisas que Deus nos concede diariamente, mas acabei procrastinando isso, o que devo retomar urgentemente.

Lembro de vários feitos do Senhor em minha vida, alguns delem Jesus me tomava em seus braços, quando eu ainda nem O conhecia, como, por exemplo, no cuidado em responder-me com o salmo 73, ou a bonança após um atrito entre vizinhos após a leitura da Palavra do Senhor, no cuidado de Deus para a aquisição de minha casa sem condições financeiras; depois que Jesus me buscou, outras tantas situações, como no livramento da morte do José quando íamos ao culto, quando a tempestade que cessou instantaneamente, quando o pedreiro que trabalhou em minha casa e após ouvir a Palavra de Deus foi contratado como chefe em uma grande firma, entre tantas outras coisas, outras até que pelo meu egoísmo já esqueci. Mas quero falar desta experiência, que não é nada impactante, nada bela, mas muito profunda para mim...

Há pouco tempo, eu estava sentindo uma tristeza profunda, que me levava à paralisia, um sono, crises de choro, e baixa auto-estima. Eu orava, lia a Palavra, profetizava, confessava em linha com a Palavra de Deus, louvava, enfim... Sabia tudo o que tinha que fazer, e fazia...

Mas aparentemente nada dava certo, cheguei a pensar que talvez precisasse da ajuda de medicamentos, o que não queria, mas... Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam ao Senhor. Faltava uma coisa a fazer, “falar com os pastores”, entrei no gabinete já avisando: “eu sei o que o senhor vai me dizer” não com orgulho ou soberba, mas sabia sim, que os pastores me orientariam segundo a Palavra de Deus, e não foi diferente do que eu imaginava...

Acontece que acredito que o que me faltava era exatamente a submissão, eu sabia sim o que tinha que fazer, e não estava tão errada, mas faltava sim alguma coisa, primeiro desabafar com alguém de minha confiança, com os anjos da igreja, afinal, foi por amor e para o nosso bem que Deus levantou pastores para nos pastorearem, temos sim o nosso Pastor Jesus, mas Ele mesmo quem assim determinou... Portanto, amados irmãos, quando houver alguma situação que se levante e mesmo que se saibam as armas que se devem usar, eu os animo sim a consultar o gabinete pastoral, pois já no dia seguinte que conversei com eles, houve a manifestação de melhora.

  “Agora, vos rogamos; irmãos que acatais com apreço os que trabalham entre vós e os que vos presidem no Senhor e vos admoestam e que os tenhais com amor em máxima consideração por causa do trabalho que realizam. Vivei em paz uns com os outros.
 (1ª Tessalonicenses 5: 12-13)

Muito Obrigada,

Com amor em Cristo Jesus,

Claudia Terezinha Lameira

Nenhum comentário:

Postar um comentário