segunda-feira, 13 de junho de 2011

Eu, um(a) predestinado(a)?


Salmos 139:16    
"Os teus olhos me viram a substância ainda informe, e no teu livro foram escritos todos os meus dias, cada um deles escrito e determinado, quando nem um deles havia ainda."

A palavra do nosso Deus diz que ELE nos viu quando ainda não tínhamos nenhuma forma e que ELE mesmo determinou que fossemos bênção sobre essa terra. Sim porque assim está escrito:

 Tiago 1:17    
“Toda boa dádiva e todo dom perfeito são lá do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não pode existir variação ou sombra de mudança.”

E também em:

Gênesis 12:2    
“de ti farei uma grande nação, e te abençoarei, e te engrandecerei o nome. Sê tu uma bênção!”


Se ELE assim determinou, por que então todos os seus filhos não vivem dessa forma? Os nossos dias não foram escritos como bênção? O que acontece? A palavra de Deus mente?

 O salmista Davi tinha conhecimento da sua fraqueza na carne, quando inspirado por Deus, escreveu esse Salmos. E sua oração no final dele era:

 Salmos 139:23-24    
“Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração, prova-me e conhece os meus pensamentos;
vê se há em mim algum caminho mau e guia-me pelo caminho eterno.”

 Há situações durante a nossa vida que, para não errar ou entrar por algum caminho mau, precisamos fazer a oração que fez Davi: “Vê Deus, me orienta Pai e guia-me ...”

 Filhos de Deus estão batendo a cabeça na parede nesse instante e, certamente, não foi Deus quem construiu ela à nossa frente.

 Tenho ouvido: “Faço tudo “certinho”, no que tenho falhado?”

 A resposta é: Alguma coisa não está “certinha”. Peça para que Deus lhe mostre.

Paremos de brincar com a sorte e deixemo-nos guiar pelas decisões de Jesus:

Provérbios 16:33
"A sorte se lança no regaço, mas do SENHOR procede toda decisão."
 Há pessoas que conhecem a Bíblia como um livro literário apenas. Viva e exercita o que nesta está sendo ensinado.

Quem tem ouvidos ouça o que o Espírito diz (Apocalipse 2:29)

No amor de Jesus,

Pastor José Otávio Kanay

Nenhum comentário:

Postar um comentário