quarta-feira, 25 de maio de 2011

ATENÇÃO NA PREGAÇÃO.

Atenção na pregação.

Quando pregamos a palavra, temos uma responsabilidade muito grande.
Devemos atentar às passagens que envolvem a pregação da palavra de Deus.

Somos seus ministros  naqueles minutos preciosos. Por nosso intermédio será Jesus falando aos seus filhos e filhas.

Somos instrumentos e ferramentas em suas mãos.

Cuidados devem ser tomados.

Brincadeiras são permitidas, pelo Espírito Santo, dentro de uma suavidade e leveza que só mesmo Deus na sua Soberania absoluta para conduzi-las.

Há momentos de seriedade e firmeza sem sermos duros ou violentos com as palavras.

Não devemos nos acostumar com as pregações. Digo isso porque tenho ouvido alguns améns ou aleluias sem razão. 

Cada pregação tem propósitos. Um deles, em minha opinião, é de gerar melhoria em nossas vidas. Se não está bem, ficará e se já está, melhorará.

Quando falamos que “está escrito” na sua palavra – a Bíblia Sagrada, deve, de fato estar escrito.

Alguns exemplos para ilustrar melhor:

1)     Assim é pregado “Está escrito: Não cai nenhuma folha de uma árvore se Deus não permitir”.
Apesar de a citação ser uma verdade, não está escrito isso na Bíblia.

2)     Assim é pregado “Abraão mentiu quando disse que Sara era sua irmã”

Abraão foi estratégico, ou seja, sua esposa era também sua irmã (Gênesis 20:11     “Respondeu Abraão: Eu dizia comigo mesmo: Certamente não há temor de Deus neste lugar, e eles me matarão por causa de minha mulher.
Gênesis 20:12     Por outro lado, ela, de fato, é também minha irmã, filha de meu pai e não de minha mãe; e veio a ser minha mulher.”)

3)     Prega-se que a mulher adúltera que é citada em João 8:1-11, é Maria Madalena.

Em momento algum é mencionado o seu nome.

João 8:3
“Os escribas e fariseus trouxeram à sua presença uma mulher surpreendida em adultério e, fazendo-a ficar de pé no meio de todos,”

João 8:10
Erguendo-se Jesus e não vendo a ninguém mais além da mulher, perguntou-lhe: Mulher, onde estão aqueles teus acusadores? Ninguém te condenou?

Por isso, zelemos com a palavra da vida.

No amor de Jesus,
Pastor José Otávio Kanay

Nenhum comentário:

Postar um comentário